Bem-vindos ao The Raven Cycle Brasil, sua primeira e melhor fonte sobre a saga de livros e série de TV! Possuímos o melhor conteúdo sobre a Saga dos Corvos no Brasil. Com único intuído de informar e unir fãs esperamos que gostem do site e voltem sempre a nos visitar. Aproveite para nos acompanhar nas nossas redes sociais para ficar ainda mais informado sobre a saga.
[TUMBLR] Maggie fala sobre a complexidade de Kavinsky em seu Tumblr
05.Nov

Em 2014, Maggie Stiefvater respondeu uma ask em seu tumblr sobre o Kavinsky, personagem de A Saga dos Corvos, nesta postagem ela fala sobre a complexidade do personagem, suas escolhas e atitudes questionáveis. Confira:


4KIDZTV perguntou:

Ok, eu vou pegar a isca – quão fodido Kavinsky é realmente? Estou esperando pelo menos um 5 na escala Richter de sofrimento.

Tudo bem, eu vou pegar a isca de volta, porque sou jovem e rabugenta.

Cuidado, spoilers de Ladrões de Sonhos a seguir.

SPOILERS

SPOILERS

SPOILERS

SPOILERS DE COISAS

Leitores podem interpretar os acontecimentos do livro de várias maneiras, obviamente, mas aqui há coisas que aconteceram canonicamente em Ladrões de Sonhos:

  • Kavinsky droga sua mãe sem seu conhecimento;
  • Kavinsky persegue Ronan com várias mensagens de textos e presentes que indicam que ele andou observando Ronan com atenção – por exemplo: Kavinsky copia os braceletes que Ronan sempre usa e a carteira de motorista de Ronan;
  • Kavinsky geralmente chama Ronan de gay ou de menina;
  • Kavinsky foi visto uma vez com uma garota, que ele chamou de “vadia”;
  • Kavinsky tem, pelo menos, um colega morto que ele sonhou uma cópia perfeitamente obediente para substituir o que morreu – e está fortemente implícito que Kavinsky foi responsável pela morte do garoto;
  • Kavinsky diz que matou seu próprio pai (mas isso é questionável, pois Kavinsky é claramente um mentiroso);
  • Kavinsky tenta fazer Ronan desistir de seus amigos;
  • Kavinsky toca na cabeça de Ronan, bate nos dentes de Ronan com uma caneta, deixa coisas na casa de Ronan quando ele sabe que ele não estará lá;
  • Kavinsky dá uma droga a Ronan que o deixa imóvel e meio inconsciente e então, quando Ronan estava indefeso – e só então – ele toca sensualmente o corpo de Ronan (Ronan diz a si mesmo que era apenas um sonho);
  • Ronan diz a Kavinsky que eles nunca teriam alguma relação, mas Kavinsky continua mandando mensagens para ele;
  • Kavinsky diz para Ronan que o consentimento é superestimado (que pode ser percebido quando Kavinsky invade o espaço de Ronan sem sua permissão);
  • Kavinsky definitivamente se mostra frustrado por Ronan não ceder, por isso, sequestra o irmão mais novo de Ronan, droga-o, e o prende no porta-malas do carro para provocar uma reação em Ronan.

Aqui estão outras coisas que são canônicas:

  • Kavinsky é assustador, um predador terrível;
  • Kavinsky tem um passado que logicamente o levou para esse lugar;
  • Kavinsky escolhe ser levado para esse lugar.

Aqui estão outras, outras coisas, também canônicas:

  • Kavinsky pode tirar coisas de seus sonhos, possui um pai ausente (possivelmente morto), e uma mãe ausente (em grande parte inútil);
  • Ronan pode tirar coisas de seus sonhos, possui um pai ausente (definitivamente morto) e uma mãe ausente (em grande parte inútil).

Eu realmente gostei de escrever Kavinky – como personagem ele me desafiou e me encantou. E eu realmente queria que ele desafiasse e encantasse os leitores. Uma das ideias principais que estou explorando enquanto escrevo A saga dos Corvos é a questão: o quanto você é um produto de sua própria criação? E você pode superar essas partes terríveis para se tornar alguém melhor? Todos os personagens permitem essas questões, o que eu acho diabolicamente interessante na vida real. Kavinsky e Ronan tiveram as mesmas circunstâncias e lidaram com elas de modos bem diferentes. É uma escolha.

Então, se eu gosto de Kavinsky? De todos os personagens que eu já escrevi, ele é um dos meus favoritos. Top quatro, provavelmente, ou cinco, pois quatro é um número feio. Mas ele é uma pessoa terrível, mais terrível pois ele escolhe isso. A. todo. Momento. Seu passado não é uma justificativa para violar alguém sem o consentimento, sequestrar alguém, ou assediar alguém.

Se fosse assim, seria justificável Adam ter batido em Blue quando estava com raiva, porque ele apanhou de seu pai.

Quanto à escala Richter de sofrimento de Kavinsky? Eu daria certamente um 9, enquanto 10 = absolutamente zero evidências de desejo de mudança.

Esses são meus pensamentos sobre Kavinsky. Os seus podem variar.


Tradução e adaptação: The Raven Cycle Brasil – não reproduza sem os devidos créditos. Plágio é crime.

Arte da capa por: squidwiththelbows

Fonte: tumblr

Aproveite para ler também:
Espere! Não se vá antes de deixar o seu comentário sobre o post


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *



O The Raven Cycle Brasil não é afiliado a autora Maggie Stiefvater ou a equipe/elenco envolvida na série. Todo o conteúdo postado aqui, pertence ao site ou terá os devidos créditos. É proibida a cópia total ou parcial deste layout. Site sem fins lucrativos.